LUZ QUE VEM DA PEDRA

Fotos: GravityLight Foundation

Basta anoitecer para acendermos as lâmpadas e darmos sequência às nossas atividades normais. Este gesto simples, que para grande parte da população mundial é tão comum quanto beber um copo de água, para muitos não passa de um sonho - tal com beber um copo de água. Estima-se que chegue a 1,5 bilhão o número de seres humanos sem acesso à energia elétrica no planeta Terra. Mas, um ideia revolucionária chegou jogando luz em toda esta escuridão. 


A instituição de caridade do Reino Unido, GravityLight Foundation, propõe um método inovador para trazer luz a famílias em situação de vulnerabilidade no Quênia. Combinando energia cinética e pedras, o novo sistema - chamado ‘GravityLight’ -  ilumina de maneira segura, dispensando o uso da querosene. O método é inovador e, o mais importante, seguro.

As cerca de 1,5 bilhão de pessoas sem energia costumam recorrer a meios perigosos para produzir luz, como o querosene e outros combustíveis de biomassa. Entram em cena duas ameaças: risco de incêndio e sérios problemas à saúde humana.

O uso de querosene pode causar doenças respiratórias devido à fumaça, queimaduras de pele, bem como envenenamento por ingestão não intencional. Além dos problemas de saúde, as lâmpadas de querosene representam 3% das emissões de CO2 do mundo, e podem consumir até 30% da renda de uma família pobre.

A iluminação com querosene geralmente é pro-duzida dentro de uma garrafa de vidro, ou em uma lata, e para acender basta utilizar um pavio. Cria-se uma chama aberta e fraca, sendo necessário que as pessoas sentem-se muito próximo a ela para poder usufruir de um pequeno faixo de luz. Nestes casos, geralmente as famílias têm apenas uma lâmpada de querosene para iluminar a casa.

 

 

Diante deste cenário, designers britânicos questionaram a maneiras alternativas de produzir energia, utilizando formas seguras e saudáveis sem uso de baterias, sem luz solar e, principalmente, de uma forma que estivesse ao alcance do maior número possível de pessoas.

Assim, a GravityLight Foundation criou um novo sistema mais seguro, sustentável e de baixo custo. Com a combinação de energia cinética, a GravityLight funciona conectando um peso – com pedras ou areia – elevado por um sistema de polias que alimenta lentamente um gerador, à medida que o peso cai. Ao cair, o peso gira um trem de engrenagens, acionando o motor que alimenta os LEDS. Demora segundos para levantar o peso que alimenta a GravityLight,  mas gera 20 minutos de luz em sua descida. Seu funcionamento é sus-tentável, não sendo necessário utilizar pilhas, bate-rias ou luz solar, e provendo luz até cinco vezes mais brilhante que uma luminária de querosene.

O Quênia foi escolhido como principal mercado de lançamento para a GravityLight. A intenção é que, além de fornecer fonte de luz para as famílias, sem agredir o meio ambiente, o projeto auxilie a desenvolver novas habilidades contribua para a criação de novos empregos.  Por ser uma instituição de caridade, a GravityLight Foundation tem um portal de doações em seu site.  As doações arrecadadas são utilizadas para aprimorar e financiar a tecnologia.

Veja no vídeo abaixo como funciona o sistema criado pela Gravity Light e como ele influência a vida das pessoas.

 

SIGA A VIP SHORE

  • Facebook
  • Instagram

Centro Empresarial Sibara

Avenida Brasil, 1500, sala 317

Centro | Balneário Camboriú

88.330-901

  • YouTube - Black Circle
  • instagram.com/vipshore
  • Facebook - Black Circle

CONTATO:  (47) 3264.9639  |  3361.0191   |   3398.3820   |   9936.0147