Louvre Abu Dhabi

Um recanto da arte à beira-mar

Farol cultural. Esta é a definição que aparece nas primeiras linhas da apresentação do Louvre Abu Dhabi, construção erguida à beira mar na ilha de Saadiyat, localizada na capital dos Emirados Árabes, Abu Dhabi. Apesar de não guiar os navios no escuro da noite, como os faróis tradicionais, o lugar guarda e compartilha o conhecimento de artistas orientais e ocidentais - que através da arte eternizam a história da humanidade. Em novembro de 2017, depois de uma década de parceria entre os Emirados Árabes e a França, o Louvre Abu Dhabi finalmente foi inaugurado e abriu as portas para visitantes e turistas de todo o mundo.

 

O espaço cultural é apresentado como um “museu universal” - lugar que irá expor em suas 23 galerias permanentes, em espaços de exposição especial e em um museu infantil, a arte desenvolvida por artistas de várias partes do mundo, possibilitando para aqueles que o visitam estar em contato com diferentes culturas. Com cerca de 24 mil metros quadrados, sendo oito mil metros quadrados apenas o ambiente interno, o museu teve seus traços desenhados pelo arquiteto francês Jean Nouvel.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma das características marcantes da construção é o teto com formato arredondado, que atibui ao museu aparência de uma cúpula. Nele, há mais de sete mil pequenas e sutis estrelas metálicas por onde passam os raios de sol. Quando isto acontece, uma "chuva de luz" transforma o ambiente, o deixando harmônico e especial. O formato escolhido – semelhante a um guarda-sol – também auxilia na preservação das obras expostas dentro do museu.

 

O arquiteto Jean Nouvel, criador do Louvre Abu Dhabi, o projetou inspirado nas medinas – partes antigas das cidades árabes, juntamente com a aplicação das características presentes no design contemporâneo. Ele diz que o Louvre Abu Dhabi incorpora um programa excepcional, sendo que sua vocação é expressar o que é universal ao longo dos tempos. “A arquitetura o torna um lugar de convergência e correlação entre o imenso céu, o horizonte do mar e o território do deserto. Seu domo e cúpula imprimem no espaço a consciência do tempo e do momento por meio de uma luz evocativa de uma espiritualidade própria”, destaca Nouvel.

 

Além do dinamismo e beleza da estrutura, se você for visitar o museu, poderá visualizar exposições temporárias e, também, as obras que formarão a mostra permanente de arte do local – que contará com cerca de 600 obras. Os temas são diversos e poderão apresentar as características de diferentes culturas e tempos históricos . Para organizar tudo o que recebe, foi estabelecido que as obras serão expostas em ordem cronológica no museu, para assim respeitar e remontar o decorrer da história desde o início da evolução dos homo sapiens até a atualidade.

 

Construído em terras orientais, o espaço transpira todo o dinamismo do mundo árabe contemporâneo, além de mostrar a multiculturalidade da região, o que ressalta ainda mais a influência da presença do museu na cidade de Abu Dhabi. Para o sonho de construir o museu tornar-se realidade, os Emirados Árabes tiveram o apoio de 13 museus importantes da França após o governo francês firmar um acordo de 30 anos com o país.

 

O objetivo dos países foi construir uma instituição cultural diferenciada, em que a arte desenvolvidada em cada um dos continentes esteja exposta. Além disso, o Louvre Abu Dhabi teve seu nome associado ao museu mais famoso do mundo o Museu do Louvre, em Paris. Ficou interessado em visitar ou conhecer mais este recanto de cultura e arte?

VEJA O MUSEU SENDO CONSTRUÍDO:

SIGA A VIP SHORE

  • Facebook
  • Instagram

ACESSE O SITE DO MUSEU UNIVERSAL:

Centro Empresarial Sibara

Avenida Brasil, 1500, sala 317

Centro | Balneário Camboriú

88.330-901

  • YouTube - Black Circle
  • instagram.com/vipshore
  • Facebook - Black Circle

CONTATO:  (47) 3264.9639  |  3361.0191   |   3398.3820   |   9936.0147